Armazenamento em Nuvem

As pessoas passam sua vida acumulando “coisas”. Depois de juntar todas essas coisas elas começam a se preocupar onde encontrar lugares para guardar tudo o que juntaram. Isso pode ser observado também para os computadores, celulares, tablets, etc. Parece que todo mundo que tem um aparelho gasta um tempão adquirindo dados e depois tentando achar um modo de guardá-los.
Para alguns proprietários de computadores, encontrar espaço de armazenamento suficiente para armazenar todos os dados que eles adquiriram é um desafio real. Algumas pessoas investem em discos rígidos (HD) maiores. Outros preferem dispositivos de armazenamento externos, como pen drives ou discos compactos. Proprietários de computadores desesperados podem excluir pastas inteiras com arquivos antigos para abrir espaço para novas informações. Mas alguns estão optando por confiar em uma tendência crescente: armazenamento em nuvem.

1. O que é armazenamento em nuvem?
Pode parecer que tem algo a ver com clima e tempestades mas realmente se refere a salvar dados em um sistema de armazenamento externo mantido por terceiros. Em vez de armazenar informações no disco rígido do seu computador ou em outro dispositivo de armazenamento local, salve-as em um lugar on-line. A Internet fornece a conexão entre o seu aparelho e esse lugar. E seus dados não vão ficar em uma nuvem. Esse é só um conceito para dizer que estão em um lugar, ou vários e que você pode acessar pela internet em qualquer lugar do mundo (talvez não da China e da Venezuela). Ou seja, seus dados ficarão em um ou vários lugares e você não saberá onde mas poderá usá-los quando quiser desde que tenha acesso a internet.
Isso é uma grande vantagem. Além de não precisar carregar outros dispositivos de armazenamento você poderá usar e até mesmo compartilhar com outras pessoas suas informações.

2. Como funciona?
Geralmente, as soluções de armazenamento online são fornecidas usando uma grande rede de servidores virtuais que vêm com ferramentas para gerenciar arquivos e organizar seu espaço de armazenamento virtual. O tipo mais simples de armazenamento em nuvem ocorre quando os usuários carregam seus arquivos e pastas de seus computadores para um servidor da Internet. Os arquivos enviados servem como backup, caso os arquivos originais sejam danificados ou perdidos. O uso de um servidor de nuvem permite que o usuário faça o download de arquivos para outros dispositivos, quando necessário. Os arquivos geralmente são protegidos por criptografia e são acessados pelo usuário com credenciais de login e senha. Os arquivos estão sempre disponíveis para o usuário, desde que ele (o usuário) tenha uma conexão com a Internet para visualizá-los ou recuperá-los.

3. Com o que tomar cuidado
Qualquer serviço que você queira usar no mundo virtual deve seguir os mesmos cuidados do mundo real:
– Segurança. Seus dados devem ser criptografados (uso de um programa complexo que transforma seus dados em dados ilegíveis a outras pessoas) para mantê-los privados. E deve existir um processo de autenticação, ou seja, um usuário e senha que só você conhece. Práticas de autorização – o usuário (você) lista as pessoas que estão autorizadas a acessar as informações armazenadas no sistema em nuvem. Isso tudo é responsabilidade do fornecedor do serviço.
– Preço. Isso é determinado pela quantidade de espaço que você espera precisar. Muitos serviços oferecem um período de avaliação ou uma quantidade gratuita de armazenamento para permitir que você experimente seus serviços. Se você estiver em um período de avaliação, não é aconselhável fazer o upload de dados confidenciais.
– Fácil de usar. Fazer upload e acessar seus arquivos na nuvem deve ser claro e fácil de entender. Se não for, procure outro lugar.
– Confiabilidade. Empresas de armazenamento em nuvem vivem e morrem por suas reputações. É do interesse de cada empresa fornecer o serviço mais seguro e confiável possível. Se uma empresa não consegue atender a essas expectativas básicas do cliente, não tem muita chance – há muitas outras opções disponíveis no mercado. As empresas de armazenamento em nuvem investem muito dinheiro em medidas de segurança para limitar a possibilidade de roubo de dados ou corrupção.

4. Qual usar
Embora existam muitos provedores de armazenamento em nuvem, alguns dos nomes mais conhecidos incluem:

Armazenamento em Nuvem - Dropbox

Dropbox: O avô do armazenamento em nuvem. Armazenamento grátis: apenas 2GB (chega a 16GB mas é pago). Muito simples de usar. É só instalar, ele cria uma entrada no seu Explorador de Arquivos e ai é só arrastar seus arquivos para essa entrada que estarão na nuvem. Muito confiável já que está a muito tempo no mercado.
https://www.dropbox.com/pt_BR/ – para registrar-se e usar.

 

 

Armazenamento em Nuvem - GDriveGoogle Drive: é um armazenamento na nuvem criado para funcionar perfeitamente com os produtos do Google e oferece um modo off-line para algumas categorias de documentos, que não exigem acesso à Internet. Os usuários recebem 15 GB grátis para armazenar seus documentos, fotos, músicas e vídeos, todos acessíveis em qualquer dispositivo. Por uma taxa, o Google Drive pode acomodar até 30 TB de dados. Muito fácil usar principalmente se você já tem um gmail. Basta entrar em https://www.google.com/drive/ e digitar seu usuário e senha. Para sincronizar seu computador automaticamente com ele leia meu post: http://meensinah.000webhostapp.com/fazer-backup/.

 

 

Armazenamento em Nuvem - ODriveOneDrive: feito pela Microsoft para usuários Windows. Antes era chamado de SkyDrive e é integrado ao Windows 10. Você não tem que baixar e instalar o que é muito conveniente para quem usa Windows. O aplicativo Microsoft’s Photos também pode usar o OneDrive para sincronizar fotos em todos os seus aparelhos. Também existe o app para Android e iOS.
Tem 5GB de espaço livre que pode chegar a 50 GB se pago.

 

 

Armazenamento em Nuvem - ICloudApple iCloud: é um armazenamento em nuvem para Macs, iPhones, iPads, iPod touch e PCs com Windows. Os usuários recebem 5 GB de armazenamento gratuito para armazenamento em nuvem de fotos, vídeos, documentos, dados de aplicativos e muito mais. Vários planos de armazenamento maiores estão disponíveis por uma taxa. Você pode estruturar o iCloud para fazer backup automático dos seus dispositivos móveis ou manipular as transferências de arquivos pessoalmente. Mas o ICloud só pode ser usado com o que já está pré-definido: contatos, email, notas, fotos, etc. Para armazenar outros tipos de arquivos (fora da lista do ICloud) use o ICloud Drive. Para usar o ICloud você tem que configurar em todos os seus equipamentos: https://www.apple.com/br/icloud/setup/ios.html.
E para acessar suas informações basta ir em www.icloud.com e digitar seu usuário e senha. O sistema vai enviar um código para o seu celular ou iPad para verificar se você é você mesmo.

Existem vários outros mas esses são o que eu uso e posso comentar. Meu favorito ainda é o Google Drive. Seguro, espaçoso e confiável.

Atenção: Evite colocar dados confidenciais, fotos muito privadas e trabalhos muito secretos na nuvem. Afinal nuvem está em algum lugar que todos podem acessar. Caso você precise fazer isso coloque senha nos seus documentos.

N.R. : Criptografia: significa que eles usam um algoritmo complexo para codificar informações. Para decodificar os arquivos criptografados, um usuário precisa da chave de criptografia. Embora seja possível decifrar informações criptografadas, a maioria dos hackers não tem acesso à quantidade de capacidade de processamento do computador necessária para descriptografar informações.

Compartilhe:
www.000webhost.com